Editorial New York - New York - Estados Unidos

Editorial: Tiffany & CO. - New York – Fotos


Anéis de pedras preciosas da Tiffany são novidades da moda em Nova York


            Nova York – Sete cores, anéis vários. Platinas, turmalinas, ametistas, rubelitas, diamantes, opalas. Pedras, enfim.  Preciosas, em anéis valiosos, numa combinação que inclui também colares e brincos, são as últimas, lançadas pela tradicional loja Tiffany & Co., em Manhattan, Nova York. Anéis, que variam entre 10 e 170 mil dólares, brilharam na mão de sete belas modelos, que vestiram a moda Bill Blass, em lançamento da nova coleção de jóias, em domingo de inverno na ‘capital do mundo’.

            O elegante prédio art déco de cinco andares, desenhado pela firma Cross & Cross, nos idos dos anos 40, considerado inclusive um ponto turístico localizado na Quinta Avenida com Rua 57, foi palco de mais um show de luxo, sonhos de consumo e elegância. As pedras preciosas da Tiffany, consideradas as mais finas do mundo, celebraram pureza, traduzidas em linguagem de verdadeiro estilo. Anéis, como a principal novidade, com cores de forte energia e natureza, fontes místicas e eternas da Tiffany.

            Os preços da coleção atraem, claro, aos bolsos cheios. E, para os mais apaixonados por jóias e pela marca Tiffany, segue alguns valores dos anéis, colares e brincos em sete cores. Em verde, cor do campo, anel de Tsaronte, com o preço de US$ 23.000; um colar titânio, em US$ 40 mil, e um de turmalina, a US$ 16.500. Das jóias azuis, destaque para o anel Aqua 4 Flowers, que custa US$ 22 mil. Em roxo, um colar Tanzanita de titânio brilha na peça e no preço: 125 mil dólares. Em laranja, anéis de opala, como o Fire Opal que vale US$ 35 mil; ou o de Mandarim Garnet, a US$ 19.800. Os brincos desta cor alcançam US$ 99.800.

            “São jóias definidas com consistência de cores. Cada anel, um objeto de fascinação e de surpresa inesperada”, comenta o diretor de Relações Públicas, Jim Freeman. Com a nova coleção da Tiffany, Jim garante que haverá exposições internacionais, mas descarta, desta vez, uma apresentação na loja do Brasil.

            Para o diretor, dentre as peças, a grande atração são as cores amarelas, cor do sol. “Uma combinação excitante e cativante”, elogia, acrescentando que designers do mundo inteiro ficarão surpresos com o brilho e a elegância das peças. O trio desta cor: anel, colar e brinco, todos feitos de diamante. O anel, no valor de 11 mil dólares; um par de brincos, sendo um branco e a outra peça amarela, a US$ 50.700; mais um colar de diamante, no valor de US$ 51.500.

            No trabalho do famoso designer Jean Schlumberger, é caracterizado uma combinação nas cores rosa e uma qualidade escultural única. O anel Floppy Petal, no custo estimado de US$ 67.500, combina nas cores e no brilho com o anel rosa de Turmalina. Mas, no preço a quantia difere. Este último, US$ 10 mil. A combinação ainda inclui um par de brincos rubelitas, a US$ 50 mil. E, apesar das amarelas serem as mais atrativas, não são as mais caras. À frente, está o anel Paraíba feito de platina, no preço salgado de US$ 170 mil. O par de brincos também é caro: Lucida Ear Studs, US$ 122.200.

            Com os brilhos e glamour nas novas jóias, a Tiffany mantém a tradição de possuir as maiores raridades de pedras, além da mão dos grandes designers do mundo. A coleção “Anéis de pedras preciosas” combina a habilidade interpretativa dos designers da empresa. “Uma união soberba que continua a deleitar os olhos e elevar o gosto da moda a cada estação”, define o diretor Jim Freeman, que espera que a coleção celebre toda a vibração e identidade que tem a Tiffany. E claro, que agrade a clientela.

            Por Fábio Amaro

Tags

New York Tiffany pedras preciosas Fashion Moda USA NY JC Volotão JCVolotao Eclipse Photo Agency New York EclipseNY Jóias